Árvore Flutuante


Árvore-flutuante

Como é possível? A resposta é um trabalho super bacana em uma árvore à beira da estrada com uso de um pouco de tinta spray e a criatividade de dois talentosos artistas.

O trabalho é da dupla de artistas Daniel Siering e Mario Shu e foi feita em Potsdam, Alemanha. Eles escolhem um ângulo para pintar e desenvolvem a pintura que é uma verdadeira ilusão de ótica.

Fonte : http://www.blogdobraulio.com/

Anúncios
Publicado em Internacional, Notícias, Video | Deixe um comentário

Brasil já tem 106 mil arquitetos e urbanistas

Em 14 de agosto, o CAU registrou 106.038 arquitetos e urbanistas ativos no país – aqueles que já tiveram algum tipo de interação com o SICCAU Corporativo, através de emissão de certidão, RRT ou qualquer outro serviço que o sistema presta à sua comunidade.

Como já havia sido constatado no Censo dos Arquitetos  e Urbanistas, a maioria deles (58.607) vive na Região Sudeste. A região Sul possui 22.089 arquitetos, enquanto 8.528 estão no Centro-Oeste, 3.665 no Norte, e 13.149 no Nordeste.

Os arquitetos e urbanistas estão concentrados em 2.120 dos 5.570 municípios brasileiros. Esses 2.120 municípios concentram 79% da população brasileira, ou cerca de 150, 5 milhões  de habitantes.

arquitetos

No entanto, sua atuação profissional atinge um número bem maior de cidades: 4.825 municípios brasileiros.  Ou seja, os arquitetos e urbanistas brasileiros residem em 38%  dos municípios, mas atuam em 87% deles. O Brasil registra hoje um índice de 0,55 arquiteto por cada grupo de mil habitantes, relação semelhante àquela dos países desenvolvidos.

Outro dado possível de ser constatado é que atualmente as mulheres representam 61% dos arquitetos, mas entre os mais velhos os homens ainda predominam, com 71,27% na faixa etária acima de 61 anos.

Os dados podem ser acessados por todos os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo da Federação, através do Sistema de Inteligência Geográfica do CAU, o IGEO.

Fonte: CAU/BR

Publicado em Arquitetura, Arquitetura Brasileira, Notícias, Urbanismo | Deixe um comentário

Manual para padronização de projetos em CAD

Muitas pessoas já se depararam com o problema de receber um arquivo CAD vindo de outro escritório e o mesmo não possuir layers iguais aos do seu, gerando toda uma reconfiguração. Pensando nisso, um grupo de arquitetos resolveu desenvolver, baseado em Normas internacionais, um manual para padronizar arquivos de AutoCAD.

No manual, publicado pela AsBea, estão previstos entre outros itens, diretrizes para a nomenclatura para layers, cores, organização das fases dos arquivos, tudo para garantir a intercambialidade dos projetos realizados em CAD.

Quem já quiser ir se adequando ao padrões, pode fazer o download do manual  http://www.asbea.org.br/download/AsBEA_Cad_Norma_R2011.pdf

Publicado em Notícias, Projetos | Deixe um comentário

O edifício mais sustentável do mundo

Os arquitetos das empresas Grontmij e Soeters Van Eldonk ganharam uma competição internacional de design e ficaram com a responsabilidade de desenvolver o edifício mais sustentável do mundo, (Novo Centro de Energia de Wuhan), na China.

O complexo abrigará um instituto de pesquisas acerca de novas fontes de energia e sustentabilidade. A construção começa em novembro de 2010 e quando terminada o edifício será o primeiro do mundo a receber a credencial BREEM.

O prédio tem um formato que lembra um copo-de-leite, no total, ele terá 140 metros de altura e ficará cercado por laboratórios em forma de folhas.

Wuhan-New Energy-Center

Uma das principais características é que ele apresenta emissão nula de carbono e também terá consumo 0 de energia elétrica, isso mesmo, ele não vai consumir energia da cidade, pois ele vai gerar sua própria energia.

Seu telhado será coberto de painéis solares, para a captação de energia solar, de forma a ter sempre energia renovável. Além disso, toda a água proveniente das chuvas que caírem sobre o edifício será coletada, filtrada e usada para consumo interno. O pistilo no topo do prédio será constituído de turbinas eólicas verticais, também capazes de gerar e armazenar energia eólica renovável.

Wuhan-New Energy-Center4

Veja mais em http://www.architectour.com.br/blog/2010/07/12/conheca-o-edificio-mais-sustentavel-do-mundo/

Publicado em Arquitetura, Arquitetura Contemporânea, Sustentabilidade, Tecnologia da Construção | Deixe um comentário

Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura projetam pavilhão temporário para o Ibirapuera

Conforme acontece em Londres, com os pavilhões de verão da Serpentine Gallery, São Paulo receberá um espaço temporário e interativo projetado pelos arquitetos portugueses Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura, ambos portugueses laureados pelo prêmio Pritzker.

Imagem Exterior
O pavilhão terá aproximadamente 400 metros quadrados, será instalado à margem do lago no Parque Ibirapuera, durante um mês, e abrigará uma mostra de 100 projetos selecionados da arquitetura portuguesa dos últimos 20 anos. O espaço prevê ainda um auditório para 160 pessoas onde acontecerão conferências e mesas-redondas, previsto para também exibir uma mostra de filmes. 

Cortes

Foi pensado para ser um centro irradiador de um diálogo entre a arquitetura brasileira e a portuguesa, o pavilhão faz parte do projeto chamado “Arquitectura Portuguesa – Discrição é a nova sensibilidade”, que compõe a programação do evento “Ano de Portugal no Brasil”.

Render-interior_3
Por trás do projeto está a Estratégia Urbana, pioneiro laboratório de inovação de Portugal na área de arquitetura, urbanismo e design, com o propósito de estreitar as relações entre arquitetos brasileiros e portugueses, para que possam trabalhar juntos e desenvolver projetos internacionais.

No auditório projetado por Niemeyer dentro do Ibirapuera,  acontecerá o encontro com Siza e Souto de Moura com o arquiteto Paulo Mendes da Rocha.

Veja em http://www.archdaily.com.br/br/01-122135/alvaro-siza-e-eduardo-souto-de-moura-criam-pavilhao-temporario-no-parque-do-ibirapuera

Publicado em Arquitetura, Arquitetura Contemporânea, Internacional | Deixe um comentário

Os lugares abandonados mais lindos do mundo

Um site americano elegeu 33 locais espalhados pelo mundo, que perderam as suas funções originais, mas ganharam em beleza e mesmo desativados, encantam as pessoas.

Algumas das paisagens encontram-se em países como Itália, Bósnia, Índia e Bulgária. Veja aqui alguns desses lugares especiais.

1.Fishing hut on a lake in Germany

buzz alemanha

2. Sunken yacht in Antarctica

buzz antartica

3. Angkor Wat in Cambodia

buzz cambodja

4. El Hotel del Salto in Colombia

buzz colombia

5. 15th century monastery in the Black Forest in Germany

buzz germany

6. Craco, Italy

buzz italia

6. Christ of the Abyss at San Fruttuoso, Italy

buzz italia 2Para ver a lista completa, acesse http://www.buzzfeed.com/awesomer/the-33-most-beautiful-abandoned-places-in-the-world

Publicado em Notícias, Patrimônio Cultural, Uncategorized, Viagens | Deixe um comentário

10 Razões para ser Arquiteto

Fonte da imagem http://arqonline.wordpress.com/2010/05/16/ser-arquiteto/
 
(Desculpem, não resistí… encontrei no site abaixo, onde aparece a autoria e tudo o mais …http://www.ebah.com.br/content/ABAAAfPgoAB/dez-razoes-ser-arquiteto)

1. É um estilo de vida, não um emprego.

Arquitetos normalmente tendem a pensar sobre arquitetura todo o tempo. Não apenas em grandes projetos ou construções especiais, mas em cada pequena coisa de todo lugar em que vão. Arquiteto vai a algum lugar e já começa a olhar para os materiais, acabamentos, formas, iluminação, etc. Se vai fazer uma viagem, já começa a planejar e ficar imaginando os edifícios que gostaria de visitar. Provavelmente, 90% de todos os livros que compra é sempre de arquitetura. Aliás, seu presente perfeito no Natal!

2. Pessoas respeitam arquitetos.

Mesmo que a maioria delas não entenda perfeitamente o que fazemos, há uma percepção geral de que somos éticos e responsáveis; e que tomaremos a decisão certa para seu benefício. Esta é parte da razão que o arquiteto é escolhido frequentemente como vocação para personagens principais em TV e cinema. Arquitetos não são geralmente vistos como movidos por recompensas financeiras como médicos ou sem escrúpulos como advogados.

3. O trabalho é sempre envolvente.

Arquitetos não são só artistas, já que têm de abordar tecnologia de construção e planejamento. Envolvem-se sempre com materiais e métodos construtivos; e são requeridos para atender às demandas do público no desempenho das edificações, o que inclui consumo energético e outras questões ambientais. Arquitetos criam novos conceitos em design que alimentam a construção todo dia, além de influenciar gostos, atitudes e costumes. Arquitetura é uma das poucas profissões que nunca é monótona.

4. Liberdade artística e expressão pessoal.

Como arquitetos, somos dotados de certos parâmetros que ajudam a orientar a direção dos nossos projetos. Temos capacidade de crítica e discernimento. Porém, temos a liberdade para o exercício da criatividade artística sobre aqueles parâmetros. Temos sensibilidade e bom senso. Se houver 10 arquitetos com o mesmo cliente e os parâmetros de projeto forem os mesmos, provavelmente haverá 10 soluções diferentes. Sempre.

5. Você pode ser seu próprio chefe.

Além de poder ter a sua própria empresa, o arquiteto pode prestar serviços para terceiros em qualquer tipo ou tamanho de projeto. Pode ainda participar de concursos, executar obras ou mesmo ganhar comissões pelos seus projetos e especificações. Não há outra profissão que permita atingir amplitudes semelhantes. Uma equipe de três arquitetos é capaz de projetar e dirigir a construção de um shopping center com mais de 1.0.0 de metros quadrados.

6. Há resultados tangíveis (e até eufóricos)!

Qualquer arquiteto pode ver um edifício funcionando exatamente como imaginou. E é impossível não ficar animado em ter um de seus projetos construídos: é como ter o seu próprio laboratório, onde você pode experimentar e aperfeiçoar as coisas que considera importantes. Todo arquiteto guarda um sentimento de posse sobre todos os projetos em que trabalhou.

7. Podemos impactar positivamente a vida das pessoas.

É sempre gratificante desenvolver um relacionamento pessoal com o seu cliente, especialmente quando se sabe que o processo resultará em um produto de qualidade. Ao compreender o processo, nossos clientes apreciam o produto. Apreciando o produto, eles estão reconhecendo o papel que desempenhamos. Ser arquiteto é ser útil e necessário para quem precisa.

8. Experimentação é esperada.

Apesar da arquitetura conter ciência e tecnologia da construção, seu produto final não significa uma resposta definitivamente certa ou errada. Dois arquitetos nunca chegarão exatamente a uma mesma solução, partido de um conjunto idêntico de parâmetros de projeto. Há um sentido libertador que faz você agir com o propósito de transmitir a sua própria personalidade no projeto. Espera-se que tente coisas novas, explore diferentes materiais e incorpore tecnologias emergentes em cada um de seus projetos.

9. Longevidade de carreira.

Você pode exercer a profissão de arquitetura por quanto tempo que quiser – você sempre vai ser arquiteto, mesmo que não trabalhe mais. A maioria dos arquitetos começa a ficar realmente melhor em sua profissão mais tarde na vida, em torno dos 50 anos. Isto porque se acumula conhecimento e experiência para se poder deixar sua marca naquilo que cria e executa. Nenhum arquiteto se forma pronto: ele vai se aperfeiçoando e sua arquitetura também.

10. Há uma incrível variedade de opções na profissão.

Ao contrário de outras carreiras, você se forma em arquitetura sem saber direito em que área dela vai focar. Isto é ótimo, porque, como recém-formado, você ainda não sabe todas as possibilidades que tem como arquiteto. Você pode flutuar entre as pequenas e grandes empresas; trabalhar em projeto, construção ou gestão; ambientes externos e espaços internos. Pode atuar como designer, pesquisador, professor, construtor, vendedor, cenógrafo ou artista; ou ainda ingressar em diversos setores do mercado, incluindo patrimônio, paisagismo, planejamento urbano, serviços, etc.. E, mesmo assim, vai ainda continuar sendo arquiteto.

Bonus: Podemos usar óculos ridículos e nos divertir com isto!

As pessoas esperam que os arquitetos sejam pessoas únicas, criativas e inovadoras; uma mistura de nerd com artista. Este conflito de paradigmas sociais permite uma liberdade generosa para você trabalhar em seu marketing pessoal. E ganhar dinheiro com ele !!!

Mais um texto legal sobre a profissão- SER ARQUITETO NO BRASIL É… por Roberto Spina. Vejam em http://arqonline.wordpress.com/2010/05/16/ser-arquiteto/

Publicado em Arquitetura | Deixe um comentário