Escritório 10 design e o projeto de museu sustentável

Localizado na cidade de Dalian, na China, o edifício abrigará exposições sobre planejamento urbano e visa se tornar um ícone de progresso e design ambiental para a região.

O prédio se destaca principalmente pela fachada de alumínio, que reflete a paisagem circundante. Externamente, um nano-revestimento de dióxido de titânio vai neutralizar a poluição do ar e remover a sujeira. Essa reação de limpeza é mantida, segundo o escritório, por 24 horas: durante o dia é estimulada por raios ultravioletas e à noite são alimentados por células fotovoltaicas. Já internamente a fachada usa uma camada de polímero que aumenta os valores de isolamento em 10% a 20%, além de oferecer resistência às bactérias e fungos.

Os arquitetos utilizaram um sistema de aquecimento e arrefecimento passivos, minimizando as fachadas leste e oeste e impedindo o acesso aos ventos no lado norte.

O Museu Dalian, com oito andares  inclui um subsolo para estacionamento, e estará voltado para um parque no sentido oeste. Além das áreas de exposição, o projeto também prevê uma biblioteca, um centro de ciência e um centro de recreação.

Leia mais em http://www.piniweb.com.br

 

Anúncios

Sobre arquiteturaunimar

Periódico eletrônico da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Marília.
Esse post foi publicado em Arquitetura, Arquitetura Contemporânea, Tecnologia da Construção. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s